Home
Tonya Lockyer - Foto: Kelly O / The Stranger

Tonya Lockyer – Foto: Kelly O / The Stranger

A Directora Executiva e Artística do Centro de Dança Velocity, Tonya Lockyer, publicou um artigo muito interessante sobre a Dança Moderna e o Feminismo.

O artigo parte da sua constatação de como a dança, nos discursos contemporâneos sobre o corpo, não recebe a mesma atenção que a arte, a literatura e o cinema, quando para si a dança seria o ponto de partida natural, já que é uma das poucas formas de arte na qual a teoria feminista está imbuída.

No seu texto explica como a Dança Moderna foi usada por mulheres artistas para emancipar o seu género subvertendo os ideais culturais dominantes considerados “apropriados” para ambos os sexos.

O artigo completo pode ser lido neste link.

Sobre a Stance

A STANCE é o jornal online de cultura coreográfica do Centro de Dança Velocity de Seattle, EUA.
Esta publicação tem como objectivo motivar o diálogo sobre a dança, pesquisas sobre o movimento e dinamizar a cultura coreográfica localmente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s